Notícias do Hospital Ministro Costa Cavalcanti

NOTÍCIAS

Atenção aos cuidados necessários ao buscarem atendimento no HMCC

Atenção aos cuidados necessários ao buscarem atendimento no HMCC

09/04/2020

A partir desta segunda-feira, dia 13, todos os pacientes que buscarem atendimento no Hospital Ministro Costa Cavalcanti (HMCC), visitantes e acompanhantes deverão usar máscaras. A determinação é da Prefeitura de Foz do Iguaçu, por meio do Plano de Contenção a Covid-19, publicado no Diário Oficial Nº 3.827 do dia 6 de abril, e pela Norma Orientativa nº 04/2020, do dia 7 de abril.

O HMCC orienta que a população, no entanto, utilize as máscaras simples, de tecido (pano ou TNT), feitas em casa. As máscaras cirúrgicas e as N95, já em falta, devem ser de uso exclusivo dos profissionais de saúde que têm contato diretamente com pacientes.

“É importante que a população siga as orientações da Secretaria Municipal de Saúde sobre o uso de máscara doméstica ao sair de casa quando precisarem de atendimentos no Costa Cavalcanti, pois, aliada a medidas como o cuidado permanente com a higienização das mãos, podem trazer bons resultados no combate à Covid-19”, frisou o diretor superintendente do HMCC, Fernando Cossa.

Mas como cuidar de sua máscaras de tecido?
É importante frisar que os cuidados com o manuseio desse material são muito importantes para evitar a contaminação e a disseminação do Coronavírus.

Para ser eficiente como uma barreira física, de acordo com as recomendações da Secretaria Municipal de Saúde (veja abaixo) a máscara caseira precisa seguir algumas especificações, que são simples. É preciso que a máscara tenha pelo menos duas camadas de pano, ou seja dupla face. E mais uma informação importante: ela é individual. Não pode ser dividida com ninguém.

As máscaras caseiras podem ser feitas em tecido de algodão, tricoline, TNT ou outros tecidos, desde que desenhadas e higienizadas corretamente. O importante é que a máscara seja feita nas medidas corretas cobrindo totalmente a boca e o nariz e que estejam bem ajustadas ao rosto, sem deixar espaços nas laterais.

Esse tipo de máscara pode ser adquirida ou confeccionada em casa por meio de tecidos resistentes e íntegros (sem furos, ventilação).

Entre as principais recomendações para o manuseio estão:
*Evitar ficar ajustando a máscara na rua;
*Ao chegar em casa, lave as mãos com água e sabão, secando-as bem, antes de retirar a máscara
*Remover a máscara pegando pelo laço ou nó da parte traseira, evitando de tocar na parte da frente.
*Fazer a imersão da máscara em recipiente com água potável e água sanitária (2,0 a 2,5%) por 30 minutos. A proporção de diluição a ser utilizada: 10 ml de água sanitária para 500ml de água potável.
*Após o tempo de imersão, realizar o enxágue em água corrente e lavar com água e sabão.
*Após lavar a máscara, a pessoa deve higienizar as mãos com água e sabão.
*A máscara deve estar seca para sua reutilização.
*Após secagem da máscara utilize o com ferro quente e acondicionar em saco plástico.
*Trocar a máscara sempre que apresentar sujidades ou umidade.
*Descartar a máscara sempre que apresentar sinais de deterioração ou funcionalidade comprometida.
*Aos sinais de desgaste da máscara deve ser inutilizada e nova máscara deve ser feita.

Fonte: Assessoria de Comunicação HMCC com informações da Prefeitura de Foz


Localize notícias no campo abaixo:

LEIA MAIS NOTÍCIAS


Endereço Av. Gramado, 580 Vila "A" Foz do Iguaçu - PR
CEP 85860-460 | Telefone: (45) 3576-8000 / FAX: (45) 3576-8060

© Copyright 2010 - Todos os conteúdos apresentados neste website possuem direitos reservados ao HMCC e/ou terceiros que cederam seus direitos ao mesmo.